top of page

Obesidade: muito para além de quilos, uma ameaça à Saúde Global!

obesidade surge como um dos desafios mais proeminentes para a saúde, que afeta milhões de pessoas de todas as idades e origens, e, infelizmente, de prevalência crescente em Portugal e no mundo.


Define-se por um excesso de gordura corporal em relação à massa magra (músculo, ossos e órgãos), numa proporção que tende a afetar a saúde e a qualidade de vida.


O diagnóstico desta doença é habitualmente feito com base nos resultados do Índice de Massa Corporal (IMC) (relação entre o peso e a altura) e do perímetro abdominal (medição da cintura em centímetros), e são atribuídas as seguintes classificações para adultos:



A obesidade é uma doença crónica com impactos físicos, mas também pode ter repercussões significativas na saúde mental e diminuição geral da qualidade de vida. É considerada fator de risco para o desenvolvimento de doenças como diabetes tipo 2, problemas cardiovasculares, respiratórios e até mesmo certos tipos de cancro têm sido associados ao excesso de peso e obesidade. Alem disso contribui para o aumento da ansiedade e depressão.


É um problema de saúde complexo, que resulta de uma interação entre fatores genéticos, ambientais e comportamentais, impulsionado por mudanças nos padrões alimentares, estilos de vida sedentários e diversos fatores socioeconómicos. Mas, tem tratamento e, acima de tudo, é prevenível através da implementação de hábitos diários saudáveis.




Portanto, é fundamental criar estratégias de prevenção à obesidade, tais como: educar a comunidade sobre escolhas alimentares saudáveis, promover a atividade física regular, criar ambientes que facilitem comportamentos saudáveis e caso necessário fazer suplementação adequada.


A abordagem inicial para combater o excesso de peso e a obesidade envolve alterar o estilo de vida, no entanto, o acompanhamento nutricional neste processo é essencial para uma abordagem individualizada, controlada e segura.


Ter obesidade não é apenas uma questão de “quilos” a mais, vai muito além da estética e da aceitação corporal. É uma questão de saúde e, acima de tudo, de qualidade de vida!



Sónia Amaral Dias

Nutricionista 5592N


74 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page